menu
Acessibilidade

Boletim Econômico: Rio tem geração de mais de 80 mil empregos formais em 2021

última modificação - 27/01/2022 às 9:17:37

A cidade do Rio gerou 83,3 mil empregos formais de janeiro a novembro de 2021, sendo quase 60 mil no setor de serviços. É o que mostram os dados da primeira edição de 2022 do Boletim Econômico do Rio, publicação mensal da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Simplificação (SMDEIS).

No setor do comércio foram gerados 14,9 mil empregos neste período, enquanto Indústria e construção criaram 8,9 mil, o que corresponde a 10,7% do total. Só para efeitos de comparação, no mesmo período de 2020, houve uma perda de 109,6 mil vagas. Vale frisar que quase 70% dos empregos gerados em 2021 foram criados entre agosto e novembro, sendo 19 mil no último mês.

– Mesmo com um cenário de piora da pandemia no início do ano passado, a economia carioca mostrou uma forte recuperação por conta da vacinação em massa. A expectativa é recuperar todos os empregos formais perdidos ainda no primeiro trimestre deste ano – explica o secretário Chicão Bulhões.

O Indicador de Atividade Econômica do Rio (IAE-Rio), elaborado pela SMDEIS, acumulou uma alta, em termos reais, de 3,8%, nos últimos 12 meses terminados em novembro de 2021. No acumulado janeiro-novembro, o IAE-Rio cresceu 4,2%, em comparação com o mesmo período do ano anterior.

A taxa de inflação no Rio em 2021 foi de 8,6%, abaixo da inflação brasileira, de 10,1%. O aumento dos preços no Rio foi puxado principalmente pela alta de 13,6% dos preços administrados, e de 8,1% da alimentação no domicílio. Os mesmos itens aumentaram 16,9% e 8,2%, respectivamente, no Brasil.

Converse com a Central 1746 pelo WhatsApp

Importante:

O portal não funciona corretamente no Internet Explorer. Recomendamos a utilização de navegadores como o Chrome ou Firefox.

Baixe o app