menu
Acessibilidade

Prefeitura reabre Nave do Conhecimento no Alemão e anuncia obras em Campo Grande

última modificação - 19/02/2022 às 7:12:10

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Ciência e Tecnologia (SMCT), reabriu, neste sábado (19/2), a Nave do Conhecimento da comunidade Nova Brasília, no Complexo do Alemão, na Zona Norte da cidade. Com ambientes multiuso e interativos de alta tecnologia, a Nave oferece gratuitamente à comunidade diversas opções de cursos, oficinas, visitas virtuais e lazer.

 

– Um absurdo que um equipamento dessa qualidade, que pode mudar a vida das pessoas, tenha passado tanto tempo fechado. Batalhamos para reabrir e agora não podemos deixar fechar mais. Um equipamento como esse é muito importante para a cidade – disse o prefeito do Rio, Eduardo Paes.

 

O objetivo do espaço é incentivar a busca por novos conhecimentos, além de dinamizar socialmente as comunidades e estimular a compreensão sobre novas tecnologias de forma democrática.

 

– Estamos devolvendo esse equipamento aos cariocas. As Naves são espaços fundamentais que visam democratizar o acesso ao mundo digital. Queremos transformá-las em verdadeiros polos de capacitação na área de tecnologia. Precisamos preparar as pessoas para o mercado de trabalho pujante que está batendo à nossa porta – afirmou Willian Coelho, secretário de Ciência e Tecnologia.

 

A Nave da Nova Brasília fechou ao público em 2018 e permaneceu inativa durante a pandemia de Covid-19. Desde janeiro do ano passado, a Secretaria de Ciência e Tecnologia realizou vistorias, levantamento patrimonial e da situação estrutural das nove Naves do Conhecimento para nova licitação, reestruturação e gestão de todos os equipamentos.

Esta é a terceira Nave reaberta. Em dezembro do ano passado, as Naves do Conhecimento do Engenhão e de Madureira voltaram a receber o público. Os outros seis equipamentos, localizados nas Zonas Norte e Oeste, também serão reativados em Santa Cruz, Vila Aliança, Padre Miguel, Irajá, Penha e Triagem.

Obras em Campo Grande

Na manhã deste sábado, o prefeito Eduardo Paes anunciou a chegada do programa Bairro Maravilha à Rua Senhora e outras sete ruas, em Campo Grande, na Zona Oeste. O projeto contempla mais de 11 mil metros quadrados do bairro, revitalizando ruas, travessas e becos. Técnicos da Secretaria Municipal de Infraestrutura e representantes de outros órgãos municipais acompanharam o prefeito e ouviram as demandas dos moradores da região e adjacências.

 

– Existem as grandes obras que mudam o bairro, a região, mas também têm as que atendem áreas menores, que passam por muito sofrimento. Já temos o projeto para essas ruas de Campo Grande e a obra está autorizada. Em breve ela vai começar – declarou Eduardo Paes.

 

O programa Bairro Maravilha tem como objetivo recuperar áreas da cidade que não recebiam atenção do poder público. Com isso, as vias ganham asfalto, as calçadas são refeitas, além da realização de drenagem das ruas.

Eduardo Paes apresentou o projeto Bairro Maravilha para ruas de Campo Grande- Beth Santos/Prefeitura do Rio

 

Ainda na Zona Oeste, o prefeito anunciou a reforma nos Condomínios Gaivotas e Flamingos, por meio do programa Conjunto Maravilha da Rio-Urbe. Os conjuntos habitacionais, que têm o total de 44 blocos, vão receber intervenções de pintura dos prédios e muros; revisão dos telhados e calhas; impermeabilização da cobertura do castelo d’água e das marquises; revitalização das áreas de convívio; recuperação dos telhados e pintura das áreas de convívio cobertas; instalação de guarda-corpos nas escadas e a execução de trecho de muro de contenção. As obras devem durar em média oito meses.

 

– A Rio-Urbe já fez o projeto e o orçamento das reformas dos dois condomínios. Ambas estão autorizadas. Faremos o processo licitatório para a escolha da empresa para a obra e ela vai começar em alguns meses – disse o prefeito.

 

O programa Conjunto Maravilha realiza a reforma de recuperação de conjuntos habitacionais. O projeto tem a finalidade de promover estudos e efetivar o planejamento de ações integradas. Os locais beneficiados passam por análise das condições técnicas e estruturais dos prédios e da quantidade de habitantes.

Mais tarde, em visita à creche da Associação de Moradores do Parque Proletário, na Penha, na Zona Norte, Eduardo Paes ouviu as demandas dos moradores do Complexo da Penha e anunciou que a Prefeitura fará melhorias na região nos próximos meses.

Converse com a Central 1746 pelo WhatsApp

Importante:

O portal não funciona corretamente no Internet Explorer. Recomendamos a utilização de navegadores como o Chrome ou Firefox.

Baixe o app