menu
Acessibilidade

Fundação Rio-Águas completa 24 anos de trabalho com drenagem urbana e saneamento da cidade

última modificação - 23/06/2022 às 7:00:41

Uma emblemática chuva que atingiu a Bacia Hidrográfica de Jacarepaguá, em 1996, foi o marco para que saísse do papel a criação de um órgão específico para o combate a enchentes no Rio de Janeiro. A Fundação Instituto das Águas do Município do Rio de Janeiro – Rio-Águas foi criada pela Lei nº 2.656 de 23 de junho de 1998 para cuidar da gestão do manejo de águas pluviais e do sistema de esgotamento sanitário da cidade do Rio de  Janeiro.

E nesta quinta-feira (23/6), ao completar 24 anos, segue atuando como órgão de referência em Drenagem Urbana e Saneamento na cidade. Com novos projetos e obras em curso, a Fundação tem como um dos principais desafios, no momento, acompanhar o projeto que dará solução definitiva aos alagamentos de Jardim Maravilha, na Zona Oeste.

 

– A Fundação Rio-Águas é o órgão técnico da Prefeitura do Rio especializado em drenagem urbana e saneamento. Com as mudanças climáticas, nosso trabalho é importante para tornar a cidade mais resiliente às chuvas. Temos uma geografia entre o mar e as montanhas que favorece às enchentes, por isso, trabalhamos diariamente com projetos, obras e limpeza de canais, para garantir o fluxo das águas pluviais e o menor impacto das chuvas sobre a população – destacou o presidente da Rio-Águas, Wanderson Santos.

 

O Reservatório da Praça da Bandeira, entregue em 2013, ainda em construção – Divulgação

 

Em mais de duas décadas de trabalho, foram realizados grandes projetos e obras com foco na resiliência da cidade quanto às chuvas e inundações, como os reservatórios contra enchentes da Grande Tijuca; o desvio do Rio Joana, que é a maior obra de drenagem em túnel do país feita em uma cidade; as obras de recuperação da Bacia Hidrográfica de Jacarepaguá; diversas intervenções de urbanização e drenagem em bairros da cidade; além da limpeza e da manutenção de rios e canais, que acontece o ano inteiro.

 

Limpeza de rios e canais da cidade – Divulgação

 

– A Rio-Águas tem função essencial na prefeitura, no licenciamento de obras de  drenagem de toda a cidade, sejam públicas ou particulares; elaborando e executando obras de drenagem e infraestrutura, que contribuem para uma cidade mais preparada para receber fortes chuvas – destacou a secretária municipal de Infraestrutura, Jessick Trairi.

 

A Rio-Águas é um dos órgãos vinculados à Secretaria Municipal de Infraestrutura. Ainda este ano, a Fundação Rio-Águas completa 10 anos que desempenha a função de ente regulador e fiscalizador da concessão municipal de esgotamento sanitário, na Zona Oeste. A regulação da prestação dos serviços contribui para que hoje um milhão de moradores contem com esgoto coletado e tratado, de Deodoro a Guaratiba. Os índices subiram de 5% para 56% de cobertura com esgoto tratado nos bairros atendidos pela concessão do município.

Converse com a Central 1746 pelo WhatsApp

Importante:

O portal não funciona corretamente no Internet Explorer. Recomendamos a utilização de navegadores como o Chrome ou Firefox.

Baixe o app