menu
Acessibilidade

Ação na Taquara teve divulgação da coleta seletiva e oficina de educadores ambientais com crianças 

última modificação - 05/08/2022 às 3:08:57

A Praça Orleans, na Rua Salinópolis, na Taquara, recebeu uma grande ação voltada à conscientização nesta sexta-feira (5/8). A Comlurb, a Subprefeitura de Jacarepaguá e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMAC) participaram juntas do evento que contou com oficinas voltadas à temática de preservação do meio ambiente e uma campanha de incentivo à coleta seletiva. O grupo Chegando de Surpresa, composto por garis que usam a música e a dança em campanhas de conscientização, e o gari Renato Sorriso participaram da atividade, que teve ainda distribuição de mudas de espécies nativas.

A campanha de adesão à coleta seletiva vem sendo realizada regularmente pela Comlurb, desde março, com o objetivo de aumentar a participação da população na separação em casa dos materiais potencialmente recicláveis, além de reforçar os roteiros da coleta seletiva. A ação de incentivo ocorre em todas as áreas da cidade, nas zonas Sul, Norte e Oeste, além do Centro, em pontos de maior visibilidade.

Entusiasta das parcerias que visam proporcionar um maior engajamento da população nas lutas ambientais, o presidente da Comlurb, Flávio Lopes, celebrou mais essa ação conjunta com a subprefeitura.

 

– Na Comlurb, incentivamos muito a contribuição da população à separação de materiais potencialmente recicláveis. A adesão à coleta seletiva é fundamental para que tenhamos um meio ambiente menos degradado – afirmou Flávio Lopes.

 

Subprefeita de Jacarepaguá, Talita Galhardo comemorou mais uma ação em favor do meio ambiente.

 

– Jacarepaguá é uma cidade, temos mais de 800 mil pessoas na região. O trabalho de coleta seletiva é essencial. A oficina de recicláveis com as crianças é muito importante para ensinar conscientização desde cedo.  Valorizando o meio ambiente evitamos a poluição do solo e dos lençóis freáticos, além do não entupimento dos esgotos que podem causar enchentes e, consequentemente, prejuízos à população.

 

Durante a ação na Taquara, a Secretaria de Meio Ambiente, por meio do Centro de Educação Ambiental, promoveu com crianças uma oficina com garrafas pet, que atuam como ferramentas úteis para práticas acerca do tema. A ideia é contribuir para uma mudança de atitude da população em relação a questões ambientais e chamar a atenção sobre a importância da preservação do meio ambiente. Quatro agentes ambientais estiveram no evento orientando os participantes durante a atividade educativa. O programa Refloresta Rio, da SMAC, distribuiu mudas de plantas para os participantes.

Na campanha de coleta seletiva são distribuídos panfletos informativos, e técnicos da área tiram dúvidas e orientam a população. Atualmente, o serviço de coleta seletiva da Comlurb atende a 122 bairros do Rio. Todo o material coletado é entregue para as 28 cooperativas de catadores, que fazem a separação e comercialização dos produtos. O lixo reciclável garante, assim, trabalho e renda para os cooperativados e suas famílias.

Atualmente, o recolhimento porta a porta é feito uma vez por semana, em dias alternados ao da coleta domiciliar. A população pode se informar sobre o dia e horário da coleta em cada rua no site da Comlurb.  Para que a cadeia da reciclagem obtenha êxito cada vez maior, é fundamental que os moradores participem desse processo, promovendo a separação do lixo em suas residências. Sem a participação da população, o serviço de coleta seletiva se torna improdutivo e caro.

Converse com a Central 1746 pelo WhatsApp

Importante:

O portal não funciona corretamente no Internet Explorer. Recomendamos a utilização de navegadores como o Chrome ou Firefox.

Baixe o app